24 Ago 2019

A primeira-ministra britânica, Theresa May, anunciou nesta quarta-feira a expulsão de  23 diplomatas russos, sob a acusação de agirem de acordo com a inteligência russa na tentativa de envenenamento de um ex-espião, também russo: Sergei Skripal, radicado em Salisbury, no sul da Inglaterra.

Nas vésperas da Copa do Mundo de futebol, o episódio é mais um a arranhar a imagem da Rússia, que neste domingo deve reeleger novamente Vladimir Putin - mais um governante vitalício, num país onde a democracia ainda não parece totalmente instaurada, depois do fim da União Soviética.

Publicado em Exterior