15 Set 2019
Quinta, 15 Agosto 2019 16:11

Violência e risos

Estreou nos cinemas brasileiros "Era uma vez em Hollywood", filme de Quentin Tarantino, que como sempre traz a marca da ultra-violência, com uma diferença: como em Bastardos Inglórios, brinca com um episódio chocante da vida real.

Publicado em República livre

Neste domingo, foi ao ar o desfecho da série Gerra dos Tronos, da HBO, com o sexto e último pisódio da oitava temporada.

Depois de oito anos, acaba, também, a série que mudou o entretenimento em escala global.

Publicado em Foto do dia

A partir desta sexta-feira, a Netflix exibe a segunda temporada da série O Mecanismo, do diretor José Padilha, inspirada na Operação Lava Jato.

Publicado em República livre

O diretor de teatro e encenador Antunes Filho morreu nesta quinta-feira, aos 89 anos, no Hospital sírio Libanês, em decorrência de câncer no pulmão.

Publicado em Assuntos Nacionais
Sexta, 03 Maio 2019 11:30

Jô Soares ainda olha para os outros

Depois de publicar o segundo volume de suas memórias, O Livro de Jô, o multihomem Jô Soares resolveu contar histórias de sua vida no palco do teatro Faap, no espetáculo O Livro ao Vivo, de quinta a domingo. Sentado diante da plateia, usando apenas o seu magnetismo pessoal como instrumento, ao lado do jornalista Matinas Suzuki Jr como um "entrevistador", é o mesmo Jô de sucesso garantido: o Jô do teatro, do cinema, das entrevistas e das colunas na imprensa, com inteligência aguda, virtude cada vez mais rara, tão rara quanto fundamental.

Publicado em República livre
Terça, 13 Novembro 2018 16:25

Eu quero um Jabuti pra chamar de meu

Mais um ano sem ganhar o Jabuti.

Já faturei o leão, a borboleta e o veado - tudo no bicho - mas esse maldito cágado, eu nunca levo. 

Publicado em República livre

Bohemian Rhapsody, o filme que retrata a vida de Fred Mercury e do Queen, ícones da música pop dos anos 1970 e 1980, não é apenas um grande filme, por várias razões. É também uma lição do Brasil para o Brasil.

Publicado em República livre

Entrou em cartaz no cinema O Primeiro Homem, a história do astronauta Neil Armstrong, não apenas o primeiro homem a pisar na Lua, como protagonista de uma viagem que mudou a perspectiva da Humanidade.

Antes da primeira viagem tripulada à Lua, o homem via a si mesmo como um habitante da Terra. Após a jornada da Apolo XI, e dos primeiros passeios lunares, surgiu a certeza de que a Terra é o berço da Humanidade, mas não será necessariamente sua única casa para sempre.

O filme de Damien Chazelle usa atores em evidência no momento (Ryan Gosling, de Blade Runner 2, e Claire Foy, da série A rainha) para dar força aos eventos relacionados ao histórico dia de 20 de julho de 1969.

Com cenas trepidantes, às vezes claustrofóbicas, dá o realismo do cinema contemporâneo a todo o contexto que cerca a célebre frase de Armstrong - "Um pequeno passo para um homem, um grande passo para a Humanidade".

Publicado em Foto do dia