23 Jul 2019
Segunda, 01 Julho 2019 23:09

Lind

Publicado em Jcaesar

Além do embate entre o Executivo e o Legislativo, tragados num rodamoinho em que um tenta anular as ações do outro, o Brasil assiste um outro preocupante fenômeno, que alimenta ainda mais a espiral da incerteza: a politização da Justiça.

Publicado em Perspectivas

O prefeito de Florianópolis, Gean Loureiro, que deixou o MDB em maio, foi preso na manhã desta terça-feira sob a acusação de chefiar uma organização criminosa que repassava informações sigilosas de operações policiais em Santa Catarina. Além disso, teria participado de um esquema para bloquear investigações de órgãos públicos.

Publicado em Assuntos Nacionais

O vazamento pelo site The_Intercept de áudios gravados com o ministro Sérgio Moro, nos seus tempos de juiz, revela apenas uma coisa: as intenções da imprensa tendenciosa.

Publicado em Perspectivas

O juiz Vallisney de Souza Oliveira, da 10ª Vara Federal Criminal do Distrito Federal, aceitou na quinta-feira uma nova denúncia do Ministério Público contra o ex-presidente Lula, os ex-ministros petistas Antônio Palocci Filho e Paulo Bernardo e o empresário Marcelo Odebrech.

Os políticos são acusados de corrupção passiva pela liberação para a Odebrecht de 1 bilhão de dólares em empréstimos do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social para obras em Angola.

Com isso, Lula, que estava contando passar do regime fechado para prisão domiciliar em setembro, vê se acumularem outros processos e denúncias que podem mantê-lo na cadeia.

Publicado em Política

A razão pela qual o ministro da Justiça Sérgio Moro queria ficar com o Controle de Atividades Financeiras (Coaf), hoje no Ministério da Economia, é a mesma pela qual ninguém mais queria. Com o Coaf, ele poderia fiscalizar melhor as atividades do governo, incluindo as do ministro da Economia, Paulo Guedes, e do chefe, o presidente Jair Bolsonaro, que não apenas deixou Moro sozinho nesta briga, como trabalhou em silêncio para que ele saísse perdendo.

Publicado em Perspectivas

O ex-presidente Fernando Collor, que renunciou ao cargo para não ser atirado fora em um processo de impeachment por corrupção, deveria ser, entre todos os políticos do Brasil, ao menos um que aprendeu no couro a lição. Mas não é o que acontece. O tempo passou, e Collor não mudou. Agora senador, está de novo envolvido com velhas práticas da política brasileira, o que, no seu caso, beira a desfaçatez.

Publicado em Assuntos Nacionais

A investigação da Lava Jato sobre a propinolândia dos políticos pagos por empreiteiras começa agora a desvendar colaboradores dentro dos bancos. Já foi identificada uma rede com pelo menos 11 instituições financeiras no Brasil e no exterior que atuavam como facilitadoras do crime.

Essa rede, revelada a partir de delações premiadas e rastreamento do dinheiro saído da Odebrecht, é o início de um novo capítulo para a operação, que começa agora a focar a participação do mercado financeiro e seus articuladores.

Publicado em Política

O empresário Henrique Constantino, um dos donos da companhia aérea Gol, afirmou em delação premiada que para obter um financiamento de R$ 300 milhões de um fundo gerido pela Caixa Econômica Federal teve de pagar R$ 4 milhões em propina ao operador do MDB, Lúcio Funaro.

Publicado em Economia

O ex-presidente Michel Temer recebeu a ordem judicial de se reapresentar para a prisão, depois que o Tribunal Regional Federal da 2ª região (TRF-2) revogou nesta quarta-feira por dois votos a um a liminar que o liberou, em março passado. "Conseguiram acabar com a minha vida", queixou-se, ao saber da decisão. Almoçou com a família e colaboradores na quinta-feira, antes de se entregar.

Em outra decisão, o juiz federal Marcus Vinícius Reis Bastos, da 12ª Vara de Brasília, decretou o bloqueio de R$ 32,6 milhões de contas em seu nome e do seu braço-direito financeiro, João Baptista Lima Filho, o coronel Lima, além do sócio da Argeplan Arquitetura, Carlos Alberto Costa.

Todas as decisões dizem respeito ao inquérito dos Portos, nos quais Temer é acusado de beneficiar um grupo de armadores que atua no Porto de Santos, em troca de propina.

Publicado em Foto do dia
Página 1 de 8