18 Out 2021

O Tribunal de Justiça Militar condenou, nesta quinta-feira (14), oito militares do Exército pela morte do músico Evaldo Rosa e do catador Luciano Macedo, em abril de 2019.

o tenente Nunes foi condenado a 31 anos e seis meses de prisão em regime fechado. Outros sete militares foram condenados a 28 anos de prisão em regime fechado por duplo homicídio e tentativa de homicídio - o sogro de Evaldo ficou ferido na ação. A juíza Mariana Aquino absolveu outros quatro oficiais que não dispararam suas armas.

Publicado em Política

Atiradores dispararam na madrugada desta quarta-feira contra participantes de uma "festa paredão", em Salvador, matando seis pessoas.na travessa Oito de Dezembro, no bairro do Uruguai. Outras 15 ficaram feridas.

Publicado em Foto do dia

O advogado Frederick Wassef, advogado de Flávio Bolsonaro e do presidente Jair Bolsonaro, com quem se reunia regularmente, anunciou no domingo ter deixado a defesa do senador, por conta das investigações sobre os negócios em dinheiro vivo realizados em seu antigo gabinete na Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro. Wassef, que abrigava em seu sítio em Atibaia o ex-chefe de gabinete de Flávio e amigo histórico do presidente da República, Fabrício Queioz, tornou-se agora chave e ele mesmo suspeito na apuração dos negócios da família Bolsonaro. 

Publicado em Política

A Polícia Civil do Distrito Federal fez uma blitz, no domingo, em uma chácara em Arniqueira, a 22 quilômetros de Brasília, e encontrou armas, munição e evidências de que o local serviu como centro de treinamento paramilitar para grupos extremistas conhecidos como "300 do Brasil, "patriotas" e "QG Rural". O 300 do Brasil é o grupo militante de Sara Winter, presa semana passada em inquérito aberto pelo Supremo Tribunal Federal, que apura a instigação a um golpe para a instalação de uma ditadura, supostamente com apoio das Forças Armadas.

Publicado em Assuntos Nacionais

A Polícia Federal prendeu na manhã desta segunda-feira a militante bolsonarista Sara Giromini, conhecida como Sara Winter, além de cinco outros integrantes do movimento auto-denominado "300 do Brasil". As prisões foram decretadas pelo ministro do Supremo Tribunal Federal Alexandre de Moraes, a pedido da Procuradoria-Geral da República, no inquérito que apura manifestações a favor de um golpe de Estado em favor de Bolsonaro, com o fechamento de instituições da República, incluindo o próprio STF.

No sábado, Winter, que já apareceu em contas nas redes sociais empunhando pistolas e amaeaça autoridades publicamente, estava à frente da turba que alvejou no sábado o palácio do STF com uma bateria de fogos de artifício, em Brasília. O protesto contou com a complacência da Polícia Militar do Distrito Federal - o que alarmou os políticos, por conta de uma possível politização da corporação, ao mesmo tempo em que coloca o STF agindo praticamente em defesa própria.

Publicado em Assuntos Nacionais
Terça, 02 Junho 2020 13:45

Nos EUA, protestos, saques e tensão

Em Coral Gables, na Flórida, policiais se ajoelharam durante ato em manifestação dentro da onda de protestos contra a violência da repressão policial, depois da morte do negro George Floyd, de 40 anos, asfixiado por um policial branco quando já se encontrava sob custódia.

Publicado em Exterior

O ministro da Educação, Abraham Weintraub, gosta de falar - especialmente sobre assuntos fora de sua área ou que não lhe competem. Na já célebre reunião do governo em 22 de abril, disse que, por ele, "botava esses vagabundos todos na cadeia, começando no STF". Chamado a depor pelo Supremo Tribunal Federal no inquérito das fake news, nesta sexta-feira, dia 29, pela primeira vez calou-se. Preferiu nada responder.

Publicado em Assuntos Nacionais

Um dia depois da operação da Polícia Federal, que cumpriu ordem do Supremo Tribunal Federal de busca e apreensão jutno a envolvidos no inquérito sobre a produção de fake news por militantes bolsonaristas, o presidente Jair Bolsonaro reagiu de forma inflamada. Diante do Palácio da Alvorada, no lugar que os principais veículos de imprensa abandonaram por serem hostilizados, o presidente fez um discurso espumado. "Não podemos falar em democracia sem Judiciário independente, Legislativo independente, para que possam tomar decisões", disse. "Não monocraticamente, mas de modo que seja ouvido o colegiado. Acabou, p..!"

Publicado em Política
Quinta, 28 Maio 2020 15:36

Na sua é mais gostoso

Publicado em Jcaesar
Sexta, 08 Maio 2020 14:58

Fecha o STF

Publicado em Jcaesar
Página 1 de 30