15 Set 2019
Quinta, 12 Setembro 2019 02:00

Saindo da saída

Publicado em Jcaesar
Quinta, 12 Setembro 2019 01:51

Data marcada

Publicado em TV República
Quinta, 05 Setembro 2019 15:09

Bolsonaro x Bachelet

Publicado em TV República
Sábado, 31 Agosto 2019 13:31

Trumpada

Publicado em Jcaesar

Após a declaração de moratória da dívida externa, a Argentina se dabte, a pouco menos de dois meses da próxima eleição presidencial.

Nesta quinta-feira, o presidente Maurício Macri fez um pronunciamento antes da abertura dos mercados para tentar diminuir o clima de instabilidade.

"É minha responsabilidade que esse período transcorra da melhor maneira possível", disse.

Publicado em Exterior
Terça, 27 Agosto 2019 21:53

A segunda guerra da lagosta

Macron ensaia uma farsa colonialista

Publicado em Perspectivas
Terça, 27 Agosto 2019 03:25

Soberania internacional sobre a Borgonha

Caro presidente Macron,

Em reunião extraordinária, o G10 considera que os vinhos da Borgonha são patrimônio universal, indispensável para a Humanidade. E portanto a França deve aceitar uma soberania relativa desse território, de importância que vai além de suas fronteiras.

Publicado em Perspectivas

Depois de alguns países como Alemanha e Noruega anunciarem a suspensão de recursos para o Fundo Amazônia em retaliação a declarações do presidente Jair Bolsonaro, os líderes das sete grandes potencias, reunidos em Biarritz, na França, decidiram liberar 20 milhões de dólares para ajudar a combater os incêndios na floresta. Comuns nesta época do ano, eles se tornaram uma questão internacional - e mais uma zona de atrito criada por Bolsonaro, que afirmou desconfiar dos interesses por trás de tal ajuda, dentro de seu discurso de jogar o Brasil contra o mundo, usando a soberanianacional sobre a Amazônia brasileira como mais um perigo para justificar um regime autoritário.

Publicado em Exterior
Sábado, 24 Agosto 2019 15:56

A França ataca

Publicado em TV República
Sexta, 23 Agosto 2019 13:01

Bolsonaro é jogado ao fogo

O grande problema de trocar a inteligência pela truculência é receber a truculência de volta. No caso do presidente Jair Bolsonaro, que tratou o problema global do meio ambiente com descaso e insolência imperial, a reação tem escala planetária. Na esteira da notícia de queimadas na Amazônia, autoridades ambientais e de governo, além da imprensa internacional, agora colocam tudo na conta do presidente, alvo central de manifestações nesta sexta-feira em cidades da Europa e da Ásia.

Já dono de grande rejeição dentro do país, Bolsonaro passou também a ser o inimigo número 1 mundial. Na sexta à noite, tentou melhorar as coisas num pronunciamento pela TV, que não mudou muito sua situação. "Tenho profundo amor e respeito pela Amazônia", disse o presidente. "Proteger a Amazônia é nosso dever."

Publicado em Exterior
Página 1 de 12