23 Jul 2019

Tomando como inspiração o presidente americano Donald Trump, o presidente Jair Bolsonaro mostra que tem dominado a arte de se manter diariamente como destaque do noticiário, o que parece ser uma das armas do manual de markenting para políticos na era digital. No caso de Bolsonaro, como de Trump, não é dificíl fomentar sua guerra diária: basta dizer o que pensa, sem filtros.

Na semana passada, depois de dizer que a economia brasileira está "uma maravilha", num único dia atacou a jornalista Míriam Leitão, disse que não há fome no Brasil e chamou governadores do Nordeste de "paraíbas" - expressão pejorativa usada no Sudeste para designar genericamente o nordestino sem educação.

Publicado em Política

A brasileira nascida na Itália Nathalie Moellhausen conquistou nesta quinta-feira a primeira medalha de ouro do país no Mundial de Esgrima, em Budapeste, na Hungria.

Aos 33 anos, ela é a primeira a conquistar o feito na modalidade, onde o Brasil jamais tinha ganho uma medalha sequer.

Publicado em Foto do dia
Quinta, 18 Julho 2019 17:27

Não chore por eles

Os eleitores de Bolsonaro não se penitenciam, como julga a oposição

Publicado em Perspectivas

O Ministério Público do Rio de Janeiro e a Delegacia de Repressão às Ações Criminosas Organizadas dispararam nesta terça-feira, no Rio, uma operação na qual foram presos 11 suspeitos de integrar uma milícia que controlava negócios imobiliários na Muzema e outras localidades da zona oeste da capital fluminense.

Um dos milicianos foi preso no Piauí. Em abril, dois prédios construídos clandestinamente caíram, na Muzema, com 24 mortos. Desde entao, a polícia vem procurando desbaratar os negócios clandestinos na região.

Publicado em Foto do dia
Terça, 16 Julho 2019 16:14

Saúde suspende 19 remédios gratuitos

O Ministério da Saúde suspendeu ao longo das últimas três semanas contratos com sete laboratórios públicos nacionais para a produção de 19 medicamentos distribuídos gratuitamente pelo Sistema Único de Saúde.

Publicado em Assuntos Nacionais

O presidente do Supremo Tribunal Federal, Dias Toffoli, suspendeu a pedido dos advogados do senador Flávio Bolsonaro todos os inquéritos sobre as contas de seu gabinete quando deputado estadual. A alegação é que os dados só poderiam ter sido compartilhados com o Conselho de Controle de atividades Financeiras, o Coaf, que identificou as movimentações suspeitas, com uma autorização judicial prévia. E, de quebra, aplicou um golpe geral na Lava Jato.

Publicado em Política

O presidente Jair Bolsonaro seguiu dando todos os sinais de que pretende colocar na embaixada do Brasil em Washington seu filho Eduardo, deputado federal. Colheu reações adversas em toda parte e só não consumou a indicação por sondar antes se o nome do filho poderia ser vetado no Senado, que por lei deve aprová-lo - uma derrota direta para ambos. "Da minha parte, [a indicação] está definida", afirmou."Se tiverem argumentos contrários, que não seja isso que se diz por aí, chulo, eu estou pronto."

Se o episódio da embaixada nos EUA serviu para alguma coisa até agora, é mostrar que Bolsonaro cada vez mais transforma seu governo num reduto distanciado dos partidos e de quadros técnicos para ficar no núcleo ideológico-familiar. Uma aposta com seus riscos.

Publicado em Política
Quinta, 11 Julho 2019 20:18

A ditadura do Congresso

A notícia de que para aprovar a Nova Previdência os deputados cobraram de 6 a 10 bilhões de reais do Executivo para programas próprios, as tais "emendas" com as quais mantém seus currais eleitorais, é mais um balde de água fria naqueles que acreditavam em alguma mudança na política brasileira após tudo o que aconteceu: a Lava Jato, a prisão de Lula e, por fim, a eleição, não somente de Jair Bolsonaro como supostamente de um novo Congresso.

Publicado em Perspectivas

Com 379 votos a favor e 131 contra, a Câmara aprovou na noite de quarta-feira em primeiro turno o texto principal da reforma da Previdência - bastavam 308 votos, ou 3/5 dos deputados. Em si, é uma boa notícia. Apareceu uma maioria na Câmara para fazer passar projetos importantes e uma reforma, como se sabe, é necessária. Porém, a forma como a votação da Previdência foi alcançada mostra que o Brasil não avançou como deveria, desde as últimas eleições.

E fica claro também que qualquer resultado refletirá apenas uma dura realidade: o Brasil continua um país empobrecido no meio da própria riqueza, e cujo sistema público não tem condições de oferecer uma aposentadoria digna aos seus cidadãos.

Publicado em Política

No longo processo que prometem ser as consequências do estouro da barragem de Brumadinho, a Justiça estadual de Minas Gerais emitiu a primeira sentença que obriga a vale a reparar os danos causados pelo rompimento da barragem da mina do Córrego do Feijão, em janeiro deste ano, que deixou 248 mortos identificados e 22 desaparecidos. Cabe recurso da decisão.

Publicado em Assuntos Nacionais
Página 1 de 24