23 Jul 2019

Depois da reunião com Kim Jon-un em Singapura, o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, assinou o fim das manobras militares americanas na Coreia do Sul, como primeiro passo para o acordo de desarmamento nuclear da Coreia do Norte.

O governo vendeu nesta quinta-feira três de quatro áreas na quarta rodada de licitações para a exploração do Pré-Sal por 3,15 bilhões de reais.

O número de filiados dos grandes partidos caiu 17% desde 2002, de acordo com dados do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). O MDB, PT, PSDB e PP têm juntos 41% da fatia de eleitores que estão associados a alguma legenda, mas perderam espaço para legendas menores, como PRB, PSD, PROS e Solidariedade. 

Os membros dos G7, grupo de  países mais ricos do Planeta, desistiram de demover os Estados Unidos da decisão de sobretaxar o aço e o alumínio, após três dias de negociação.

O ministro do Supremo Tribunal Federal, Gilmar Mendes, concdeu habeas corpus ao ex-diretor da Dersa, Paulo Vieira de Souza, o Paulo Preto, acusado de malversação do dinheiro da estatal para abastecer o caixa do PSDB de São Paulo. Dessa vez, preto, que já passou 32 dias na prisão, quando foi liberado também por Mendes, não cheou a ficar preso por 12 horas.

Começou o projeto-piloto do primeiro satélite feito no Brasil. O programa, da unidade Embrapii Instituto Senai de Inovação e da empresa Visiona Tecnologia Espacial custará 7,8 milhões de reais e deverá colocar o satélite em órbita em 18 meses. 

Um contingente de 27,7 milhões de brasileiros está sem trabalho, anunciou o IBGE. Esse número é o de pessoas subutilizadas força de trabalho, que abriga desempregados, os subocupados (trabalham menos de 40 horas semanais) e os que não estão procurando trabalho por qualquer motivo (a "força de trabalho potencial").

Podemos e PP entraram no Supremo Tribunal Eleitoral com uma apelação para que o tempo da propaganda eleitoral seja dividido conforme a atual divisão das bancadas, e não como elas estavam em 2014, conforme a regra vigente.

Até esta terça-feira, 521 pessoas haviam sido baleadas no Rio de Janeiro este ano, segundo levantamento do jronal O Globo. É um tiro a cada seis horas.