24 Ago 2019

Líder do PCC, Minotauro é preso em Camburiú

  Ter, 05-Fev-2019
A prisão de Minotauro: mais um golpe no PCC A prisão de Minotauro: mais um golpe no PCC

O líder do PCC Sérgio Quintiliano Neto, o Minotauro, foi preso pela Polícia Federal em Camboriú (SC), nesta terça-feira.

Minotauro atuava na fronteira do Brasil com o Paraguai. "A prisão de Minotauro é considerada um importante golpe no tráfico de drogas e armas, bem como na tentativa de domínio de áreas fronteiriças por facções criminosas", afirmou a PF, em nota.

Ele era alvo de dois mandados de prisão: um por tráfico de drogas e outro por uso de documento falso. Sua prisão foi resultado de seis meses de investigação.

As drogas comercializadas por Minotauro vinha da Bolívia. Entrava no Brasil na fronteira do Paraguai com o Mato Grosso do Sul.

De acordo com a PF, começaram a ocorrer confrontos entre facções criminosas na região de Ponta Porã (MS), o que chamou a atenção para a região.

Minotauro é suspeito de ter matado um policial civil em Mato Grosso do Sul no ano passado, além de ter assinado em novembro uma advogada em Pedro Juan Caballero, cidade paraguaia vizinha a Ponta Porã.