19 Set 2019

Petrobras privatiza BR Distribuidora por 8,6 bi

  Qua, 24-Jul-2019
Posto BR: capital privado Posto BR: capital privado

A Petrobras arrecadou R$ 8,6 bilhões com uma nova venda de ações de BR Distribuidora nesta terça-feira, por meio da qual a empresa passou a ter mais capital privado que estatal.

A privatização da BR faz parte do projeto da empresa de recapitalizar-se.

A Perobras, que detinha 71,25% do capital da BR, vendeu 30% de seus papéis. Cerca de 350 milhões de ações, a R$ 24,50 cada uma. Ficou com 41,25% da distribuidora.

Um lote suplementar poderá também ir a leião em breve. Serão ofertadas mais 43,7 milhões de ações, também por R$ 24,50.

Com isso, o governo espera trazer R$ 9,6 bilhões para os seus cofres. A participação da Petrobras na BR deve cair para 37,5%.

A privatização faz parte do trabalho de saneamento empreendido pelo ministro da Economia, Paulo Guedes, que já havia começado na gestão anterior, de Henrique Meirelles. Em 2017, a Petrobras já havia vendido 28,75% das ações da BR, por cerca de R$ 5 bilhões.

Maior distribuidora de combustíveis do país, presente em todos os estados, com 27,4% de participação no mercado nacional, a BR compete com empresas privadas como a Raízen, detentora da marca Shell, e a Ipiranga, do grupo Ultra.

A privatização da BR aconteceu depois de uma decisão do Supremo Tribunal Federal, em junho passado, pela qual se permitiu a a privatização de subsidiárias de estatais sem aprovação do Congresso.

Com os recursos, a Petrobras deve ganhar fôlego ra pagar dívidas e investir na exploração do pré-sal.