23 Jul 2019
A República

A República

Terça, 05 Dezembro 2017 20:27

PCC mata, ameaça e corrompe

Na terça, dia 5, dois presidiários em ação orquestrada pelo Primeiro Comando da capital, o PCC, assassinaram um ex-dirigente da própria organização, no pátio da penitenciária de Presidente Venceslau. Edilson Nogueira Borges, de 44 anos, conhecido como o "Birosca", que já foi considerado o segundo homem da hierarquia do PCC, após Marco Herbas Camacho, o Marcola, foi agarrado no pátio durante o banho de sol e morto rapidamente a golpes de estilete.

Além de queimar o antigo colaborador, a organização instala o terror nos presídios com o assassinato de funcionários e coloca policiais em sua folha de pagamento.

Quinta, 30 Novembro 2017 14:54

Jcaesar

Ao anunciar que se assumir a presidência do PSDB na convenção de 9 de dezembro decidirá pela retirada do partido do governo federal, o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, colocou o presidente Michel Temer contra a parede. Virtual  candidato do partido à presidência em 2018, Alckmin quer descolar-se do atual governo, minado pelas acusações de corrupção e sua impopularidade. De acordo com o presidente da Câmara, Rodrigo Maia, sem o apoio dos deputados do PSDB “seria quase impossível, senão impossível” alcançar os votos necessários à aprovação das reformas pretendidas por Temer, a começar pela da Previdência Social.

Com isso, Temer ficaria praticamente à deriva até o final de seu mandato.

Segunda, 27 Novembro 2017 16:08

Luciano Huck sai da disputa antes do começo

O apresentador  de TV, Luciano Huck publicou um artigo neste domingo, na Folha de São Paulo, no qual esclarece que não será candidato à Presidência da República. Segundo ele, sua popularidade na TV, associada ao momento de “total frustração com a classe política”, é o que impulsionou seu nome nas pesquisas de "aprovação" do eleitorado, onde alcançou o índice de 60%. Porém, Huck lembrou que, para ser político, e candidato a algo, é preciso ter condições e vontade. E, se lhe deu um pouco de vontade, faltam condições.

O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, deu a entender qual erá o tom de sua campanha, assim que ela se tornar oficial. Ao contrário da última eleição presidencial da qual participou, onde denunciou o mensalão e acusou Luís Inácio Lula da Silva de corrupção, o que o levou a uma inesperada e retumbante derrota, Alckmin vai concentrar seu discurso na ideia de que é um fazedor. "Tem que fazer alianças e um movimento em torno de uma proposta", disse ele. "Um movimento para o Brasil crescer."

Como não pode aparecer como novidade na política, ou alguém fora do sistema,  nem desvincular-se da desgastada imagem do PSDB, ele procurou minimizar esse peso de sua candidatura.

Segunda, 27 Novembro 2017 15:24

Time é vendida para editora segmentada

O Grupo Time, expoente da era prestigiosa das revistas impressas, foi vendido neste domingo para a Editora Meredith, responsável pelas publicações Better Homes and Gardens, AllRecipes e Family Circle. Time, Inc possui, em seu portfólio, as revistas People, Sports Illustrated e a própria Time.