14 Nov 2019

A Polícia Civil do Distrito Federal deflagrou na manhã desta quinta-feira uma operação de investigação do desvio de R$ 26 milhões do Banco do Brasil entre 2017 e 2018.

No fim da manhã, 15 pessoas já tinham sido detidas.

A Polícia federal deu início à fase de número 61 da Lava Jato, com a prisão preventiva de três executivos do Banco Paulista, no Rio de Janeiro, por determinação do juiz federal Luiz Antônio Bonat, da 13ª Vara Federal de Curitiba - o substituto de Sergio Moro, atual ministro da Justiça.

O diretor de teatro e encenador Antunes Filho morreu nesta quinta-feira, aos 89 anos, no Hospital sírio Libanês, em decorrência de câncer no pulmão.

A cantora e compositora Beth Carvalho morreu nesta terça-feira, aos 72 anos, no Rio de Janeiro. Chamada de "madrinha do samba", intérprete de sucessos como "Andanças", "Coisinha do Pai" e "Vou festejar", estava internada no Hospital Pró-Cardíaco, no Botafogo, desde 8 de janeiro.

Um relatório obtido pela Folha de S. Paulo do trabalho da Lava Jato que investiga os governos do PSDB em São Paulo colocou os ex-governadores paulistas Geraldo Alckmin e José Serra no centro do alvo do recebimento de propinas de empreiteiras beneficiadas em contratos geridos pela Dersa, a estatal que administra as rodovias do estado.

De acordo com o apurado nas delações de executivos das empreiteiras Odebrecht e Andrade Gutierrez, Serra e Alckmin seriam os principais beneficiários do pagamento de cerca de 97,2 milhões em propinas num período investigado de oito anos. 

Vinte e dois anos depois da morte de Paulo César Farias, o PC Farias, ao lado de Suzana Marcolino, o inquérito foi encerrado sem que se chegasse a uma conclusão.

O traficante César Augusto Alta de Araújo, o "PQD do Chapadão", apontado pela polícia como chefe do tráfico do complexo do Chapadão, na zona norte do Rio, morreu neste domingo, vítima de um disparo de fuzil, que teria sido acionado por ele mesmo, acidentalmente.

O catador de materiais recicláveis Luciano Macedo, 28 anos, morreu na madrugada desta quinta-feira, depois de ser baleado na ação do Exército no último dia 7, em Guadalupe, na zona norte do Rio, que resultou na morte do músico Evaldo Rosa.

Macedo tentou interferir quando os militares começaram a disparar contra o carro, que levava a familia a um chá de bebê. Foram feitos 82 disparos.

EXCLUSIVO

Causou estranheza no círculo onde se encontra o general Eduardo Villas Bôas, que ocupa uma sala como assessor especial do Gabinete de Segurança Institucional da Presidência da República, a censura a seis comentários derrubados esta quinta-feira no seu Twitter, que tem mais de meio milhão de seguidores.

Foi a primeira vez que isso aconteceu, o que não pareceu coincidência. Os comentários no Twitter de Villas Bôas dirigiram-se ao longo do dia à revolta contra o presidente do Supremo Tribunal Federal, Dias Toffoli, que vem sendo criticado justamente pela censura a reportagens da revista Crusoé, além de promover uma caça a supostos fabricantes de fake news envolvendo seu nome e o da instituição nas redes sociais.

Depois do incêndio que destruiu parcialmente a catedral de Notre Dame, em Paris, milionários surgiram com a disposição de ajudar financeiramente na sua recuperação - incluindo pelo menos uma brasileira, Lily Safra, viúva do banqueiro Edmond Safra, com uma fortuna estimada em 1,3 bilhão de dólares, que enviou um cheque de 20 milhões de euros (cerca de 88 milhões de reais) no primeiro dia após a tragédia.

Ninguém teve tanta nem tão pronta generosidade com o Museu Nacional, no Rio de Janeiro, que pegou fogo em setembro do ano passado.